Pupi Crystel e as publicações
 

 CASO ISABELLA - ASSASSINADA AOS 5 ANOS DE IDADE.

 Menina de 5 anos foi jogada pela janela do quarto dos irmãos

Pai afirma tê-la deixado dormindo no quarto de hóspedes; havia marcas de sangue no lençol e no corredor

Embora tenha sido deixada dormindo no quarto de hóspedes, a garota Isabella de Oliveira Nardoni, de 5 anos, foi jogada do 6º andar do Edifício Residencial London, na Parada Inglesa, zona norte de São Paulo, pela janela do quarto dos irmãos. A Polícia Civil também já sabe que a menina morreu em decorrência da queda de mais de 20 metros de altura. A constatação foi feita por peritos do Instituto Médico-Legal (IML) que examinaram o cadáver na madrugada de domingo.

Os legistas encontraram outras escoriações e ferimentos no corpo, mas dizem ser impossível afirmar, por ora, se são resultado da queda ou se a menina teria sido agredida anteriormente. A camiseta de manga curta que Isabella vestia estava rasgada nas costas e também passará por perícia. “Ela morreu após a queda, isso é fato”, atestou o médico Hideaki Kawata, diretor do IML.

Policiais do 9º Distrito, no Carandiru, onde o caso é investigado, disseram ontem ao Estado que haveria sinais de tentativa de asfixia no pescoço de Isabela. Os indícios, dizem eles, seriam a língua e as pontas dos dedos das mãos arroxeados. “Há várias explicações para isso, como uma parada respiratória provocada pela queda”, ponderou Kawata. O laudo necroscópico está sendo elaborado pelo legista Laércio de Oliveira César, o mesmo que examinou o corpo do lutador Ryan Gracie, morto em dezembro.

Isabella era filha do primeiro casamento de Nardoni, com a bancária Ana Carolina Cunha de Oliveira, de 23. Procurada pelo Estado, ela não quis falar. O que mais intriga os investigadores é a versão apresentada pelo pai da garota, o consultor jurídico Alexandre Alves Nardoni, de 29 anos. Em seu primeiro depoimento, o rapaz contou que chegou ao prédio em que mora pouco depois das 23 horas de sábado. Estava com a atual mulher, a estudante Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá, de 23 anos, e os três filhos - Isabella, Pietro, de 3 anos, e Cauã, de 10 meses. Como as crianças vieram dormindo no banco traseiro do Ford Ka, decidiu levar primeiro Isabella para o apartamento. Quando voltou com o restante da família, não encontrou mais a garota na cama. Vasculhou a casa e viu que a proteção da janela do quarto dos meninos estava cortada. Ao colocar a cabeça para fora, viu o corpo da menina estendido no gramado diante da portaria.

A primeira pessoa a chegar ao local da queda foi o porteiro Valdomiro da Silva Veloso, de 28. “Ouvi o barulho e saí da guarita. A menina estava deitada de bruços e o rosto dela sangrava”, disse. “O pai foi o primeiro a chegar e falou que tinham tentado assaltar o apartamento dele”, contou Veloso. Ele diz não ter ouvido barulho ou movimentação estranha nas imediações ou no interior do prédio. As câmeras do circuito interno - instaladas na portaria e na entrada da garagem - não gravam as imagens registradas.

LUZES ACESAS

Antes de voltar para a garagem, Nardoni disse ter deixado as luzes dos abajures do quarto de hóspedes e dos meninos acesas. A porta da sala também foi trancada. Quando os policiais entraram no apartamento, porém, encontraram aceso apenas o abajur do quarto dos meninos. O de Isabella estava apagado. Também não encontraram sinais de arrombamento. Até ontem, o casal não havia dado falta de nenhum objeto.

Na delegacia, Nardoni contou aos policiais que havia se desentendido com funcionário da construtora do edifício há poucos dias. Ontem, porém, o proprietário da construtora Terral Atlântica, André Montes Lopez, negou que algum funcionário ou proprietário da empresa tenha se desentendido com Nardoni. Lopez informou que vendeu, por meio de uma corretora de imóveis, dois apartamentos ao pai de Alexandre, o advogado Antonio Nardoni, dia 17 de setembro. As chaves das duas unidades foram entregues no mesmo dia. Lopez não soube dizer se as fechaduras foram trocadas.

O apartamento número 62 ficou para o filho Alexandre e o 63 para a irmã dele. Cada um foi vendido por cerca de R$ 250 mil. “Estamos indignados. Isso é mentira. Toda a operação de compra e venda ocorreu com o avô da criança. Nunca tivemos contato pessoal nem por telefone com o Alexandre”, explicou. O sócio da construtora explicou que é comum os condôminos contratarem pedreiros e pintores da empresa informalmente. “O apartamento é entregue pronto, mas sem o piso da sala. As reformas acontecem logo após a entrega das chaves”, acrescentou.

O instalador de antenas Misael dos Reis Santos, de 31 anos, que prestava serviços no Edifício London, depôs ontem. Ele confirmou que, há 30 dias, foi ao prédio fazer manutenção na parabólica do apartamento 52. Para fazer o serviço, porém, Santos precisava subir no apartamento 62, onde vive Nardoni. “Eu e a moradora do 52 pedimos autorização, mas ele negou. Nisso, houve uma discussão.” Segundo o delegado Calixto Calil Filho, titular do 9º Distrito, essa discussão teria sido um pouco “áspera”. Mas, para Santos, não foi nada que os tornasse inimigos mortais. A polícia requisitou o exame de DNA nos vestígios de sangue encontrados no lençol, na tela da janela e no corredor.

06/04/2008 - 22h24 - Atualizado em 07/04/2008 - 14h46

Mãe de Isabella diz que filha tinha amor 'incondicional' pelo pai

Uma semana após a morte de menina, Ana Carolina de Oliveira relembrou convívio.
Mãe disse que vai guardar 'tudo o que passou de bom nesses cinco anos'.

 

src="http://video.globo.com/Portal/gmc4/cda/player/js/glb_gmc4_player_embed_javascript"> > var midiaEmbed = { midiaId: 812365, autoStart: false }; var embed = new GMCEmbed(midiaEmbed); embed.print(); id=gmc_embed_iframe_12075914046560_5131437934388032 style="WIDTH: 320px; HEIGHT: 288px" name=gmc_embed_iframe_12075914046560_5131437934388032 marginWidth=0 marginHeight=0 src="http://playervideo.globo.com/webmedia/player/embed/GMCAbrePlayer?midiaId=812365&autoStart=false&nocache=1207591404656" frameBorder=0 scrolling=no>

Sete dias após a morte da filha, a mãe de Isabella Nardoni, Ana Carolina de Oliveira, falou para o Fantástico que não sabe o que aconteceu na noite do crime e que não pensa sobre as suspeitas relacionadas ao pai da menina, mas que acredita que o culpado será descoberto.


"Eu e ele (Alexandre), a gente tinha uma relação distante. Mas ela (Isabella) tinha um amor incondicional por esse pai", disse, acrescentando que a menina de 5 anos nunca falou mal do pai. ”Nunca Isabella deu algum sinal, e nunca falou nada sobre o pai. Eu não sei o que aconteceu aquele dia. Fico muito triste em saber que minha filha sofreu, mas o que aconteceu a gente ainda vai descobrir."


Veja cronologia do caso


Seis anos atrás, ainda adolescente, Ana Carolina sabia que ao completar 18 anos ia receber um presente especial. "Fiquei grávida aos 17. Fiz 18 anos no dia 5 de abril e ela nasceu no dia 18. Então ela foi um presente que veio para alegrar a todos, à minha família. Eu sei que ela era muito amada, muito querida". No dia de seu aniversário de 24 anos, completados no sábado (5), Ana falou que havia planejado ter passado a data com a filha. "Eu gostaria muito de tê-la comemorando aqui comigo. Eu tinha até programado uma festa na qual ela também ia comigo."


Agora ela tenta entender a perda da filha Isabella. "Tudo aconteceu comigo muito cedo. Fui mãe muito cedo. Eu perdi uma filha muito cedo. Então, eu acho que tudo é superação. Aprendi muito com ela. Ela veio só para me ensinar. E agora com ela nos deixando aqui, continua nos ensinando."


Ana conta que a filha não gostava de tristeza. "Ela era uma pessoa feliz. Ela não gostava de tristeza. Ela tinha amor para dar para todos. Teve até um caso trágico. Nós fomos assaltadas juntas. Eu fiquei com muito medo, chorava. Ela disse assim: mamãe não precisa ficar com medo. Teve uma vez que eu assisti o filme da múmia. Eu fechei o olho, parei para pensar e pensei só em coisa boa e passou. Então faz o mesmo. Além da relação mãe e filha, nós éramos muito amigas."


Ana contou que a última vez que falou com a filha foi por telefone. "Eu falei com ela na sexta-feira, quando ela já tinha ido para a casa do pai. Era por volta das 18h, eu estava voltando do trabalho, e liguei para saber se ela estava bem. Aí eu perguntei: filha, você está feliz? Ela falou: estou muito feliz. Aí eu falei: está bom. Um beijo, eu te amo. Ela falou: também. Eu te amo muito, muito, muito, mamãe. Aí, no sábado, eu tentei falar e não consegui, e aí veio a notícia toda".


Segundo Ana, ela ficou sabendo do que aconteceu pela madrasta de Isabella. "No sábado à noite, a Carol me ligou avisando que tinha tido um acidente e eu estava muito próximo da casa deles, e eu acabei chegando muito rápido, a tempo de conseguir acompanhar tudo. Eu acompanhei minha filha até o hospital. A minha concentração era: eu preciso estar forte para ajudar a minha filha porque minha filha precisa de mim. Infelizmente, ela veio a falecer”. E acrescentou: “Eu preciso continuar. Se eu me entregar à tristeza, à angústia, à dor, isso vai ser pior para mim. E ela não gostaria que isso acontecesse, eu tenho certeza”.


Questionada sobre o que irá lembrar da filha, Ana disse: “Só do meu amor, do quanto éramos felizes, amigas, parceiras e companheira. Tudo o que ela me passou de bom nesses cinco anos, quase seis”.

Mãe de Isabella completa 24 anos neste sábado

Ela foi a uma capela com a família. Também recebeu homenagens de amigos na porta de sua casa

Da Redação

Tamanho do texto? A A A A

>Componentes.montarControleTexto("ctrl_texto")

Ana Carolina Cunha de Oliveira, mãe de Isabella

Evelson de Freitas/ AE

Ana Carolina Cunha de Oliveira, mãe de Isabella

SÃO PAULO - Em seu primeiro aniversário sem a filha Isabella Oliveira Nardoni, de 5 anos, a bancária Ana Carolina Cunha de Oliveira, que completa 24 anos, foi a uma capela com a família. Ela também recebeu homenagens de amigos na porta de sua casa. Na sexta-feira, Ana Carolina participou da missa de sétimo dia pela morte de sua filha. A missa foi realizada na Paróquia Nossa Senhora da Candelária, na Vila Maria, zona norte de São Paulo. Participaram da missa cerca de mil pessoas.

 

Isabella foi assassinada na noite do dia 29 de março. Seu pai, o consultor jurídico Alexandre Alves Nardoni, de 29 anos, e a madrasta, Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá, de 24, são os principais suspeitos e estão presos desde quinta-feira, 3.

 

Na porta de sua casa, a mãe de Isabela deu a seguinte entrevista:

 

Como está sendo este aniversário sem Isabella?

Vou receber os amigos e a família e gostaria muito que este dia fosse maravilhoso. Estou tentando manter a serenidade.

 

Como é que você consegue ficar tão serena?

Não faço esforço. Sou assim mesmo e continuarei sendo assim, pela minha filha. A vida continua. Devo voltar à trabalhar em breve.

 

A senhora acha que a sua filha está no céu?

A minha filha deveria estar ao meu lado, que é o lugar dela. Mas com certeza está num lugar melhor que a gente agora. Ela deve ter virado uma estrela.

 

Como você está recebendo as manifestações de apoio e os vários pedidos por justiça?

Vou receber todas as correntes por justiça com o maior prazer. Não esperava tanta repercussão e tantas manifestações de carinho assim.

 

E o desenho feito pelos colegas de escola de sua filha, que foi entregue na missa (anteontem)?

Eu nunca esperava passar por isso na minha vida. Não esperava esse tamanho carinho...

 

A senhora está triste...

Isabella sempre foi uma criança feliz, ativa e lutou por tudo que queria. Não gostava de me ver triste. Não vou sofrer. Eu vou só sentir saudade.

 

 

Tudo o que foi publicado a respeito do Caso Isabella no estadão , link abaixo:

 http://busca.estadao.com.br/JSearch/CBQM%21cBQM.action?e=&s=Caso%20Isabella

 INDIGANADA COM O CASO ME VI TRISTE NO LUGAR DA MAE DE ISABELLA:

 Fico triste ao ver violência com as crianças , idosos , deficientes , animais , natureza , com tudo de crueldade em nosso mundo. Vendo o caso dessa indefesa criança ,  penso como podemos evitar a violência, crueldade, brutalidade , maldade, assassinatos , racismo e  preconceito em nosso planeta.

 A violência existente entre os seres humanos  e  entre estes com os animais e para com a própria natureza em que vivemos, faz o nosso mundo ficar cada vez pior. A própria natureza responde com desastres e efeitos no nosso planeta, um exemplo disso é o efeito estufa que age em nosso mundo, tornando a temperatura cada vez mais alta e desastrosa para muitos seres vivos que ficam expostos a extinção e colocam outros em perigo para o mesmo problema gerando um descontrole do nosso eco sistema!

 A violência com essa criança gera indignação em nossa sociedade , tamanha maldade cometida com uma menininha linda de apenas 5 anos de idade com tudo pela frente para viver e não pode seguir sua vida por terem a tirado cruelmente . O homem precisa entender que violência gera o seu próprio fim. As crianças precisam de educação e carinho, pois quando forem adultas farão o mesmo com seus respectivos filhos.

 O amor deve prevalecer , caso contrário, estaremos contando o fim de nossos dias para o abismo.

PUPI CRYSTEL

 



Escrito por Ingrid às 16h53
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, ALTO DA MOOCA, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese
MSN -


HISTÓRICO
 08/07/2012 a 14/07/2012
 03/06/2012 a 09/06/2012
 09/10/2011 a 15/10/2011
 18/09/2011 a 24/09/2011
 03/07/2011 a 09/07/2011
 20/02/2011 a 26/02/2011
 25/07/2010 a 31/07/2010
 21/02/2010 a 27/02/2010
 22/11/2009 a 28/11/2009
 05/07/2009 a 11/07/2009
 22/03/2009 a 28/03/2009
 26/10/2008 a 01/11/2008
 19/10/2008 a 25/10/2008
 05/10/2008 a 11/10/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 21/09/2008 a 27/09/2008
 14/09/2008 a 20/09/2008
 06/04/2008 a 12/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 02/03/2008 a 08/03/2008
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 20/08/2006 a 26/08/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 http://cantorapupicrystel.blogspot.com
 http://pupicrystelshow.blogspot.com/
 http://pupicrystelsucesso.blogspot.com/
 http://pupicrystel.brasilflog.com.br/
 http://www.flogao.com.br/pupicrystel
 http://www.flogvip.net/pupicrystel
 http://ingridcr.fotoblog.uol.com.br/
 http://pupicrystel.fotoflog.com.br/
 http://www.fotologbr.com.br/pupicrystel
 http://pupicrystel.gigafoto.com.br
 http://spaces.msn.com/pupicrystel
 http://pupicrystel.multiply.com
 http://pupicrystel.vipflog.com.br
 http://www.vibeflog.com/pupicrystel
 http://www.valeflog.com.br/pupicrystel
 http://www.pupicrystel.myblog.com.br
 http://www.pupicrystel.myflog.com.br
 http://www.freefotolog.net/pupicrystel
 http://www.nossoflog.com.br/pupicrystel
 http://www.megaflog.com.br/pupicrystel
 http://www.bloglines.com/blog/PUPICRYSTEL
 http://br.geocities.com/pupicrystel/log_pagina.html
 http://br.geocities.com/pupicrystel/pagina_pessoal.html
 http://flog.clickgratis.com.br/pupicrystel
 http://www.eflog.net/pupicrystel
 http://www.eflog.com.pt/pupicrystel
 http://pupicrystel.clickblog.com.br
 http://www.pupicrystel.clickblog.com.br
 http://www.gazzag.com/pupicrystel
 http://ingridcr.beltrano.com.br
 http://pupicrystel.uolk.com.br/
 http://br.groups.yahoo.com/group/pupicrystel
 ORKUT INGRID
 CLUBAO PUPI CRYSTEL
  http://www.care2.com/c2c/group/pupicrystel
 http://www.portugalnet.pt/pupicrystel
 http://pupicrystel.myphotoalbum.com
 Weblog publish Pupi Crystel


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!